O Noel do Salgueiro

Leonardo Falcão -

O Noel Rosa do Salgueiro, homônimo do famoso "poeta da vila".

Ele nasceu no Morro do Salgueiro em 1920. Em meio ao contexto da época de seu nascimento, foi batizado com um nome de sambista, e logo dos maiores: Noel Rosa. Mas este chamava-se Noel Rosa de Oliveira. Quando criança, frequentava as rodas de partido alto e aprendeu a tocar vários instrumentos de percussão. Sua primeira composição foi “Adeus, minha companheira” para um bloco carnavalesco da comunidade onde nasceu.

Noel Rosa do Salgueiro, assim como o da Vila Isabel, era um excelente compositor. No ano de 1948, a dupla Zé da Zilda e Zilda do Zé gravou "Falam de mim", música de sua autoria, com Éden Silva e Anibal Silva, que depois foi gravada também por Elza Soares, Nana Caymmi, Alcione, entre outros grandes intérpretes.

Em 1952, compôs para a Unidos do Salgueiro o samba-enredo "Homenagem a Getúlio Vargas" e em 1955, após a fusão de duas das três escolas do Morro do Salgueiro, passou a fazer parte do Grêmio Recreativo e Escola de Samba Acadêmicos do Salgueiro. Dois anos depois, compôs "Assim não é legal", em parceria com Nilo Moreira da Silva.


Compôs com Anescarzinho (Anescar Pereira Filho) e Walter Moreira, em 1960, o samba-enredo "Quilombo dos Palmares". Já em 1963 a Salgueiro foi mais uma vez campeão com um samba de sua autoria, em parceria com Anescarzinho "Xica da Silva". A força do samba acabou estimulando Chica da Silva virar um filme dirigido por Cacá Diegues e uma novela para a Rede Manchete, reprisada pelo SBT em 2005.

No ano de 1965, Noel Rosa fez sucesso nas quadras do morro do Salgueiro com a música "Tudo é alegria", parceria com Zuzuca. Neste mesmo ano, o cantor Noite Ilustrada gravou com sucesso a música "O neguinho e a senhorita", anos depois regravada pela cantora Elza Soares.

Neguinho da Beija-Flor, Luiz Melodia, Jair Rodrigues e tantos outros interpretes regravaram suas músicas. Falecido em 1988 um mês depois de ter desfilado pela Salgueiro, Noel de Rosa Oliveira compos mais de 40 músicas e assim como o seu famigerado homônimo, é considerado um dos mais férteis compositores da história do Salgueiro.

► Leia mais...

Notícias do Além

Natália Bittencourt -


Extraído do Blog "The Tarnished Angels"

Clique aqui e visite o Blog
► Leia mais...

CASA DE CULTURA BERÇO DE NOEL

Felipe Salgado e Thiago Terra -


O Mestre Noel Rosa nasceu no dia 11/12/1910, em Vila Isabel, na Rua Teodoro da Silva, Número 30. O menino cresceu amando as ruas, as confusões e a boêmia. Mas foi no Café Vila Isabel, nas madrugadas, que compôs diversos sambas e onde se iniciou na arte das serenatas e serestas. Também foi no balaústre dos bondes que materializava sua irreverência e deboche, características marcantes de sua personalidade.


Em oito anos, Noel Rosa compôs 250 letras e músicas, que atestam a sua genialidade e inventividade, tanto quanto músico quanto letrista. Noel registrou nas suas composições elementos de cunho histórico-cultural dos anos 20 e 30, redefinindo os rumos da música popular brasileira, abrindo caminho para sambistas como Chico Buarque. Sua obra é uma antologia do patrimônio cultural brasileiro.


Nunca deixem de cultivar e contemplar as raízes das tradições da cultura popular brasileira. A arte brasileira é antropofágica, genuína... Noel Rosa foi literalmente o berço do samba, um dos maiores sambistas de todos os tempos. A síntese entre o morro e o asfalto, a marginalidade e a boêmia, marcando seu nome definitivamente na galeria dos maiores artistas que nosso país já produziu. Infelizmente, vivemos num país de memória curta, então temos que eternizar o legado de Noel através de nossa admiração e do esforço da Casa, de contribuir na formação sócio-educacional dos brasileiros. Noel Rosa é “o vanguardista marginal”.


Através do poder inclusivo da arte, o Projeto Berço de Noel visa integrar e educar os cidadãos e moradores de Vila Isabel, incutindo os valores históricos e culturais da região, transformando consciências e um mundo menos excludente e mais harmonioso.


► Leia mais...

Carnavalesco da Vila fala sobre Noel e o Carnaval de 2010

Alex de Souza, carnavalesco da Vila


O blog Feitiço do Noel foi até o Barracão da Escola de Samba Unidos de Vila Isabel, na cidade do samba, para entrevistar Alex de Souza, que completará seu terceiro ano como carnavalesco da Vila.

Após o quarto lugar de 2009, um bom resultado se comparado com a nona posição de 2008, o artista disse que adorou desenvolver um enredo sobre Noel Rosa e promete grandes surpresas.

Alex revelou o processo de escolha do enredo de 2010 “ Noel: A presença do Poeta da Vila”, como está sendo a preparação para o próximo carnaval, e as suas maiores fontes de pesquisa para fazer um carnaval a altura de Noel.

De acordo com Alex, haverá uma menção ao bairro de Vila Isabel, conhecido pela sua boemia, pelas calçadas com notas musicais e que dá nome à escola. Terão elementos de associação como o violão, a cerveja para situar as pessoas na época de Noel, da boemia, dos cabarés.

Alex promete abordar a morte de Noel Rosa com humor e seu tradicional deboche, em vez de choro e lamentações e ainda revelou que a cada vez que descobria alguma coisa nova de Noel se encantava mais com a sua história.

Confira a entrevista:
► Leia mais...

Noel Rosa

Noel Rosa foi um marco na música popular brasileira. Um dos responsáveis pelo samba moderno e por ter trazido o samba as rádios, além de aproximar o samba do morro com o asfalto. Suas letras são atuais até hoje, assim como os textos de Shakespeare, pois tratam de temas inerentes ao ser humano. Apesar disso, o cantor, compositor, bandolinista, violonista ainda é pouco conhecido pela grande maioria das pessoas. Mesmo tendo vivido apenas 26 anos, o suficiente para deixar seu nome entre os maiores do samba carioca, Noel deixou mais de 200 composições gravadas. Entre elas inúmeros clássicos indiscutíveis como "Palpite Infeliz", "Feitiço da Vila", "Conversa de Botequim", "Último Desejo", "Silêncio de um Minuto", "Pastorinhas" e "Com Que Roupa?". Em 2010, se estivesse vivo, Noel Rosa completaria 100 anos. Para comemorar esta data decidimos fazer este blog em sua homenagem.

Enfeitiçados...

BannerFans.com

Feitiço do Noel no seu Site!

Quer colocar o Banner do Feitiço do Noel, igual ao acima, no seu Blog?
Copie o código e cole em uma nova caixinha de HTML-JavaScript, e pronto, um Banner que linka você direto com o Feitiço do Noel!

 
▲ TOPO ▲